Governo de Goiás faz terceira convocação de famílias do cadastro reserva de apartamentos em Aparecida de Goiânia

 

Processo seletivo realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Agehab, seleciona 83 famílias de um total de 208 que serão beneficiadas no Residencial Agenor Modesto. Famílias convocadas no cadastro reserva devem entregar documentos na sede da Agehab, na quinta-feira (17/6), conforme horários disponíveis no site www.agehab.go.gov.br, evitando aglomeração

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), faz a terceira convocação de quatro famílias sorteadas no cadastro reserva de apartamentos do Residencial Agenor Modesto, em Aparecida de Goiânia. Elas devem comparecer à sede da Agência, na Rua 18-A, n. 541, Setor Aeroporto, nesta quinta-feira (17/6), para apresentar a documentação que comprova os dados informados na inscrição. Foram convocados os seguintes titulares: Carlos Roberto Pereira da Silva, Cleudyane Oliveira Pereira, Danila da Silva Santos e Geny Muniz Duarte. Confira AQUI .

A família pode ligar para a Coordenação de Cadastro da Agehab (3096-5050) e reagendar o horário, caso necessário, evitando aglomeração. O presidente da Agehab, Lucas Fernandes, ressalta que as famílias devem agilizar a apresentação dos documentos para que os apartamentos sejam entregues o mais rápido possível. Segundo ele, a Agehab está trabalhando com muitor rigor na seleção das famílias, seguindo determinação do governador Ronaldo Caiado. “Vamos garantir que as moradias com recursos estaduais cheguem para quem realmente precisa”, ressalta Lucas Fernandes. 

Ele relata que, depois de apresentada a documentação completa, a Agência ainda faz uma visita social para conferir de perto a realidade do beneficiário. Em seguida, os documentos seguem para análise da Caixa. O coordenador de Cadastro da Agehab, Luís Carlos Araújo, informa que a eliminação do processo seletivo só é efetivada depois de esgotadas todas as possibilidades de contato com a família, abrindo espaço para a chamada do cadastro reserva. Outros motivos para exclusão são renda superior a R$ 1,8 mil ou falta de comprovação documental. Um caso recorrente tem sido de pessoas que não conseguem comprovar residência em Aparecida de Goiânia. No início do processo seletivo, a Agehab divulgou reiteradas vezes pela imprensa a necessidade de preencher os dados com exatidão, e que depois seria necessário comprovar tudo que foi informado na inscrição. 

A Agência está realizando o processo seletivo de 83 apartamentos de um total de 208 em fase final de construção do Residencial Agenor Modesto. O Município, também parceiro do empreendimento com a doação do terreno, é responsável pela seleção das outras 125 famílias. Fruto de parceria entre o Governo de Goiás, o governo federal, por meio do programa Casa Verde e Amarela, e o município de Aparecida de Goiânia, o Residencial Agenor Modesto recebeu investimento total de R$ 18,8 milhões, dos quais R$ 2,7 milhões de recursos do Estado. 

Documentos necessários

As famílias convocadas no cadastro reserva devem apresentar a seguinte documentação: 
•    RG e CPF do candidato, do cônjuge/parceiro (a) e dos dependentes
•    Comprovante de estado civil, endereço e renda
•    Comprovante de pagamento de aluguel (se pagar aluguel)
•     Número do Cadastro Único (CadÚnico) – quem ainda não tiver, deve providenciar o mais rápido possível
•    Laudo médico com avaliação da deficiência e contendo a Classificação Internacional da Doença (CID), conforme Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015, caso haja alguém na família com deficiência
•     Declaração da Defesa Civil informando que reside em áreas de risco ou insalubres ou que tenham sido desabrigados, caso se enquadre nessas situações
•    Comprovante emitido pela Secretaria de Assistência Social de que é beneficiário do Programa Bolsa Família ou BPC, caso receba um desses benefícios

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.